Compartilhe o Valor Comunica

Edit Template
Anúncio

CULTURA: Projeto Cultural ‘Ser Singular’ promove inclusão e oportunidades no Norte de Minas

Por: Luiz Cabrine – Valor Comunica

BRASÍLIA DE MINAS – O município de Brasília de Minas, localizado na região Norte de Minas Gerais, é palco do Projeto Ser Singular – Sócio Cultural, uma iniciativa que tem transformado a realidade de diversas comunidades da região. Com atuação em diversas cidades, o projeto busca promover a cultura, pesquisa e a inclusão social por meio de parcerias com instituições locais e ações em áreas onde o poder público muitas vezes não consegue chegar.

Coordenado pela Ativista cultural, educadora e pesquisadora Ilma Aparecida Queiroz Rodrigues, o projeto estabelece parcerias com associações comunitárias, instituições de ensino dos setores públicos e privado, coletivos culturais, sindicatos, centrais de desenvolvimento, associações rurais, comunidades de matrizes africanas , ongs e grupos artísticos. Essas parcerias permitem que o projeto esteja presente em áreas de difícil acesso e atue como uma extensão do terceiro setor.

Além disso, o Ser Singular engloba  iniciativas que contribuem para o desenvolvimento das comunidades locais. Entre elas, destaca-se o Centro de Referência Feminino, conhecido como o Projeto Marias e Poder e o Projeto Travessia Universitária, que fortalecem os movimentos femininos. Nas ações com pessoas da terceira idade das comunidades  e instituições atendidas o Projeto apoia  grupos culturais tradicionais, além de incentivar o trabalho de seres singulares como José Adão Pereira que ensina a  Capoeira, e a  Capoterapia última criada e desenvolvida pelo Educador, Músico e Ativista Cultural,  assim como apoia o Pré vestibular Solidário do Educador, Pesquisador e ativista cultural Brunno Souto, projetos que oportunizam melhores perspectivas de vida para jovens e idosos destas comunidades. O projeto também investe na economia solidária, apoiando  e capacitando as mesmas para agricultura familiar solidária estimulando o cultivo de hortas comunitárias, plantas medicinais e o extrativismo de frutos do cerrado.

Cultura como renda

No âmbito cultural, o projeto Ser Singular se empenha para proporcionar visibilidade ao trabalho dos artistas locais, valorizar suas conquistas por meio de capacitação e organização de eventos. O objetivo principal é fortalecer a identidade cultural  coletiva de cada “Ser Singular” (como são chamados os artistas participantes), preservando suas histórias de vida e o valor que elas representam para suas comunidades. A ideia é transformar cada atividade cultural em um negócio, gerando valor e renda para os artistas e suas famílias.

De acordo com a pesquisadora Ilma, o projeto abraça todos os tipos de manifestações culturais, como Congados, Reinados, Catopês, Blocos de Carnaval, Teatro, Quadrilha, Pastorinhas, Boi de Reis, música, Dança, Comidas Típicas, Extrativismo Vegetal, Fotografia, artesanato, esporte entre outros. Além disso, ressalta que o Ser Singular também possui uma vertente social, auxiliando quando possível  Seres Singulares em situação de vulnerabilidade.

Oportunidade

Um dos principais enfoques do projeto é despertar o olhar dos jovens para a educação como uma oportunidade de empreender e aprender uma profissão para o desenvolvimento sociocultural. Por meio de atividades educativas e capacitações, o projeto visa fomentar o protagonismo e a criatividade dos jovens, incentivando-os a se tornarem agentes de transformação em suas comunidades.

Equipe Ser Singular

A coordenadora do Projeto, Ilma fez questão de enaltecer a sua equipe de trabalho, pois de acordo com ela, sem o relevante trabalho de cada um, em sua devida área de conhecimento não seria possível avançar e chegar até aqui. São eles: Júnio Aragão, Célia Nonato Queiroz Gê do Sindicato,  Leila Cordeiro, Tiago Aragão, Day Alves, Elvira Ednice, Ana Clécia, Sebastião Alquimim, Janice Cordeiro, Cássia Gomes e Cátia Gomes Chaves, Tamilia Alves, Gustavo Henrique, José Adão Pereira, Janésio Vieira e Brunno Souto. Com a Mentoria de Educadores como Roberto Mendes- atual Coordenador da Unimontes do Campus de São Francisco, Maria Ivone Queiroz- atual Diretora de Educação do Município de Brasília de Minas, Leila Cordeiro  Aquino – Mestre em História Política e do antropólogo Fabiano José Alves, Conceição Aparecida de Jesus profissional de Comunicação Social e Patrícia Lopes-Pedagoga e Arte educadora.

O Projeto Ser Singular tem se mostrado uma iniciativa de extrema relevância para municípios do Norte de Minas. Seu trabalho abrangente, que engloba cultura, inclusão social e desenvolvimento econômico, tem trazido mudanças significativas nas vidas dos artistas locais e nas comunidades onde atua. É uma prova de que a cultura e a solidariedade podem ser grandes aliados na construção de um futuro mais igualitário e cheio de oportunidades. O projeto, com sua formação atual, possui três anos, mas sua fundação perfaz 20 anos.  

Parceria Conaf

Recentemente, em reunião com o presidente da Confederação Nacional da Agricultura Familiar do Brasil (CONAF), Gedir Santos Ferreira, ficou acertado uma importante parceria entre o projeto e a referida instituição. O objetivo é fortalecer as ações de ambas as entidades por meio de outros projetos, bem como a busca de apoio junto às esferas governamentais. Para tanto, a coordenadora, Ilma Queiroz foi convidada pelo dirigente da Conaf, Gedir, para ocupar a cadeira de Secretária Nacional de Cultura, na confederação. Para tanto, sua nomeação deverá ser assinada em breve, pela presidência

Foto arquivo Projeto Ser Singular: Coordenadora Ilma durante apresentação da comunidade quilombola Buriti do Meio, no Segundo Manifesto de Cultura Populares Tradicionais, na Unimontes, em São Francisco.
Foto arquivo Projeto Ser Singular: Thiago Aragão, Ilma, Norberto, Júnior Aragão e Day Alves, todos seres singulares.
Foto reprodução rede social Projeto Ser Singular: Belto, eterno rei do Congado de Fernão Dias.

6 Comentários

  • Bom dia , para mim é uma grande honra fazer parte dessa família , por se dizer , pessoas que se empenham no resgate das culturas Norte Mineiras , parabéns meus amigos , conte comigo

  • Parabéns ILMA Queiroz , realmente o Projeto Ser Singular vem somando , ajudando a todos que vivem da arte e enriquecendo a população de cultura e saberes.

  • Parabéns, Ilma!
    Foi um ótima escolha de Ilma, como Secretária Nacional de Cultura da Federação. Nós da Comunidade de Paracatu ficamos felizes por você representar a Cultura, não só da nossa Comunidade como também de todo nosso Brasil. Sucessos, minha querida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio

Outras Notícias

Fique informado com o Valor Comunica

Anúncio
////// Ads

Receba notícias direto no seu email

Comunicação e informação que constrói valor para você.

Compartilhe o Valor Comunica

WhatsApp
Pinterest
Facebook
Telegram

2023 © Todos os direitos reservados.