Compartilhe o Valor Comunica

Edit Template
Anúncio

Arthur Lira admite que a Câmara Federal irá processar big thecs

Arthur Lira admite que a Câmara Federal irá processar big thecs por interferência na votação do Projeto de Lei das Fake News

O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 3 de maio durante entrevista ao Programa Stúdio I, na Globo News

O anúncio partiu do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, na última quarta-feira, em entrevista ao Programa Stúdio I, na Globo News, que a Casa de Leis vai processar as principais empresas de tecnologia, como o Google, Facebook e Twitter, as chamadas big techs. A justificativa do deputado seria por supostamente interferirem na votação do Projeto de Lei das Fake News, que tramita na Casa.

Segundo Lira, as empresas teriam feito um “lobby” virtual para pressionar os parlamentares a rejeitarem a proposta, que tem como objetivo combater a disseminação de notícias falsas e criminosas na internet.

Para o presidente Arthur Lira, as empresas teriam censurado conteúdos pró-legislação em suas plataformas, o que teria prejudicado o debate democrático sobre o tema, o que classificou com ‘horrível’.

Além da abertura de processo contra as companhias, a Câmara Federal pediu ao Ministério Público Federal que investigue a conduta das empresas no processo legislativo do projeto. A comissão afirmou que as empresas agiram de forma “ilegal e inconstitucional” ao interferirem na democracia brasileira.

As empresas, por sua vez, negaram qualquer tipo de interferência na votação do Projeto de Lei das Fake News e afirmaram que trabalham para promover uma internet saudável e segura para os usuários. O Facebook declarou que “defende a democracia e a liberdade de expressão em todas as suas formas” e o Twitter afirmou que “não toma partido político ou ideológico” em suas decisões.

O Google não se pronunciou especificamente sobre o caso, mas afirmou que “respeita as leis locais e internacionais” e que “trabalha para melhorar a transparência e a privacidade dos usuários em suas plataformas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncio

Outras Notícias

Fique informado com o Valor Comunica

Anúncio
////// Ads

Receba notícias direto no seu email

Comunicação e informação que constrói valor para você.

Compartilhe o Valor Comunica

WhatsApp
Pinterest
Facebook
Telegram

2023 © Todos os direitos reservados.